Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2007

Novas Pedagogias ou Novas “correntes” da Educação ?

 

 

As Novas Avaliações Na Escola

“Era Milu”

 

 

Analisemos abaixo, de 1 a 5, temos um exemplo da NOVA ATITUDE que os professores têm de adoptar, a bem dos tempos modernos e das novas tendências, depois da aprovação de José Sócrates em Engenharia.


1. QUESTÃO PROPOSTA:

                   6  +  7  =     ?

2 . EXERCÍCIO efectuado pelo ALUNO



                   6  +  7  =    1 8

3 . ANÁLISE que deve ser efectuada pelo professor



A grafia do número "6" (seis) está absolutamente correcta;
A grafia do número "7" (sete) está incontestavelmente correcta;
O sinal operacional "+" indica-nos, correctamente, que se trata de uma adição;

 

Quanto ao resultado , verifica-se que:

a) O primeiro algarismo (1) está correctamente escrito - corresponde ao primeiro algarismo da soma pedida.

b) O segundo algarismo apresentado pode muito bem ser entendido como um "3" (três) escrito simetricamente. Repare-se bem na simetria (considerando, claro, um eixo vertical) que podemos encontrar no número "8" que numa resolução correcta deveria estar inscrito no sítio do algarismo das unidades.

Conclusão:

O aluno não só resolveu a questão como ainda enriqueceu o exercício recorrendo a outros conhecimentos que provam dominar na mais alta excelência: a simetria... A sua intenção era, portanto, essa e como tal, própria de um aluno sobredotado!



4 . AVALIAÇÃO que o professor TEM de efectuar:

Assim, e do conjunto de considerações tecidas nesta análise, podemos concluir que:

 

a). A atitude do aluno foi positiva: ele pelo menos tentou!
b). Os procedimentos estão correctamente encadeados : os elementos estão dispostos pela ordem precisa.
c). Nos conceitos, só se enganou (?) num dos seis elementos que formam o exercício, o que é perfeitamente negligenciável.
d). Na verdade, o aluno acrescentou uma mais-valia ao exercício ao trazer para a proposta de resolução outros conceitos estudados - as simetrias... -
realçando as conexões matemáticas que sempre coexistem em qualquer exercício...
e). Em consequência, não temos outra alternativa senão a de lhe atribuir  um

                     .."EXCELENTE"...


5 . INFORMAÇÃO a enviar ao Encarregado de Educação

 

Ter um curso é fundamental para que seja um cidadão equiparável ao nosso estimado Primeiro Ministro. E há que aproveitar as “Novas Oportunidades”, não fossem elas a ”Bandeira do Governo da Nação”.

Na certeza de que cá estaremos disponíveis para lhe fazer mais uma prova de recuperação, nos subscrevemos com a máxima e subalterna estima de sempre:

O “Professor Titular” ou , se for caso disso, O “Não Professor Titular”

 

Já agora, aqui fica o conteúdo do texto que deveria ser obrigatório, por lei, constar do caderno de correspondência "Casa-Escola".

  

 

E, assim se dá corpo ao velho provérbio...

 

Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura...

Como terá Sócrates descoberto a premência da necessidade deste tipo de medidas? terá sido na sua experiência como aluno?

Sim... ou talvez... Não!

 

 

Pois, bem... Caríssimos Professores.

Ainda que o resultado apresentado pelos vossos alunos esteja totalmente errado do pono de vista matemático, há que ser capaz de entender o seu raciocínio. Esse é o NOVO papel do professor, de acordo com a NOVA filosofia implementada em concordância com o Programa NOVAS OPORTUNIDADES, a PÉROLA deste Governo!"

...

Tenho a informar V.ª Ex.ª de que eu, como "Não Professor Titular" decidi atribuir ao seu educando, o aluno Roberto Mais Que Farto Desta Palhaçada  a seguinte menção honrosa: "Progride Adequadamente". Mais tenho a obrigação legal de o felicitar com os meus sinceros Parabéns, Sr. Encarregado de Educação por nos ter proporcionado o prazer de ter na nossa companhia um aluno tão exemplar como o seu filho. E, já agora, continue a mandá-lo sempre para a escola. Ainda que ele continue a aparecer apenas durante 15 dos 186 dias do ano escolar, não há problema. Certamente continuará a aprovar... Por isso, não desista de educar excelentemente o seu filho, de acordo com as mais modernas e vanguardistas das regras da Educação inspiradas numa Brincolândia qualquer (pois da Finlândia não o cremos que José Sócrates tivesse tal oportunidade...!), em exibição em todos os cinemas... perdão, teatros, perdão... circos, bem... desculpem-me uma vez mais a gafe (tal como desculpam a Sócrates a gafe sobre o seu desejo de ver o país Mais Pobre!...) queriamos dizer, em todas as escolas da nação, por ordem da pessoa mais educada do país, (carregue aqui e veja o exemplo de Educação da Ministra, "Milu" em youtube) ou seja, Sua Excelência a Senhora Maria de Lurdes Rodrigues (ou não tivesse ela sido investida do cargo de Ministra da Educação!

 

 

Imensos textos, como este, pairam pela net, e entram-nos nas nossas Caixas do Correio para nos alertar para os malefícios dos erros dos sucessivos governos. São textos e mais textos, uns mais crítricos outros irónicos... Como este!...

Mas, perante o poder que está concentrado nas mãos de quem nos governa e comanda, como apenas professores, sentimo-nos totalmente impotentes...  Muito mais quando o acesso aos MEDIA fica condicionado e pode ser censurado pelos governantes, nomeadamente quanto a quem pode ou não participar nos debates televisivos, tempos de antena... etc... etc... e esses mesmos governantes "entulham" as cabeças dos pais e encarregados de educação, por forma a que se entretenham com o acessório e supérfluo, esquecendo-se do essencial: "O Direito a Uma Educação de Qualidade para os Seus Filhos". E isso começa, obviamente, com a satisfação de uma exigência primordial: o Direito a que o Ministériod a Educação seja governado por uma Ministra da Educação competente para ser digna do cargo que exerce!

No entanto, e por enquanto, a INTERNET, é ainda o único MEDIA VERDADEIRAMENTE DEMOCRÁTICO que está ao nosso alcance para desmascarar as mentiras e incompetências dos Governos. Sobretudo porque a oposição (se é que ela realmente existe em Portugal) quase não se vê agir em conformidade!

E lembrem-se de que, jamais um governo de direita poderia governar tanto à direita como este PS se este mesmo PS estivesse na Oposição... (Enquanto Governo apenas tem provado que o seu verdadeiro lugar é na Oposição aos Ditadores que chegam ao poder (como ele!). Sem dúvida que é na Oposição que os portugueses precisam do PS ... Ou não é essa a razão histórica da sua existência em Portugal: Lutar contra a Ditadura?  Mas, como estam,ops em "Democracia" ainda temos outro recurso: o VOTO.

Que os Portugueses tenham Boa Memória no dia do VOTO!

 

Nota final:

Alguns dos textos que aparecem são muito interessantes... outros, menos ou, nem por isso! Este POST, inspirou-se em textos que fomos recebendo, com diferentes conteúdos mas com o mesmo objectivo...

Por isso, decidimos colocá-la à mercê de todos vós...

Agora, caro leitor ou cara leitora, comente, apenas se quiser.

Sócrates ainda não publicou nenhuma lei que obrigue a comentar blogs.

Por enquanto ...

 

 

publicado por J.Ferreira às 10:59

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|  O que é?

Professores... Um bando de preguiçosos ?

Um professor atormentado escreveu
Aqui fica a sua “memória descritiva”
---
Faço projectos, planos, planificações;
Sou membro de assembleias, conselhos, reuniões;
Escrevo actas, relatórios e relações;
Faço inventários, requerimentos e requisições;
Escrevo actas, faço contactos e comunicações;
Consulto ordens de serviço, circulares, normativos e legislações;
Preencho impressos, grelhas, fichas e observações;
Faço regimentos, regulamentos, projectos, planos, planificações;
Faço cópias de tudo, dossiers, arquivos e encadernações;
Participo em actividades, eventos, festividades e acções;
Faço balanços, balancetes e tiro conclusões;
Apresento, relato, critico e envolvo-me em auto-avaliações;
Defino estratégias, critérios, objectivos e consecuções;
Leio, corrijo, aprovo, releio múltiplas redacções;
Informo-me, investigo, estudo, frequento formações;
Redijo ordens, participações e autorizações;
Lavro actas, escrevo, participo em reuniões;
E mais actas, planos, projectos e avaliações;
E reuniões e reuniões e mais reuniões!...
 
E depois ainda tenho que ter tempo para ouvir
outros professores, alunos, pais, coordenadores,
directores, inspectores, e observadores
e, como se tantos não bastasse,
ainda tenho que ouvir o Secretário de Estado
e a Ministra da Educação(?) !...
 
Elaboro, verifico, analiso, avalio, aprovo;
Assino, rubrico, sumario, sintetizo, informo;
Averiguo, estudo, consulto, concluo,
Projectos curriculares, disciplinares, departamentais,
Educativos, pedagógicos, comportamentais,
De comunidade, de grupo, de turma, individuais,
Particulares, sigilosas, públicas, gerais,
Internas, externas, locais, nacionais,
diárias, semanais, mensais e anuais...
Como...? Que querem ainda mais?
Que eu dê aulas!?...  
 
----------------------------
 
Nota1: O texto que aqui se publica chegou pela Internet e vinha sem Autor.
Nota2: O que publicamos contém algumas adaptações do texto original.
...
publicado por J.Ferreira às 10:35

link do post | comentar | favorito
|  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Em Nome do DESACORDO Orto...

. Sucesso Escolar versus Co...

. António Costa e a Queda d...

. O Regresso dos Rankings e...

. Nas Tintas Para a Opinião...

. PAIS de ONTEM na escola d...

. O Milagre das Escolas Pri...

. Os Donos do Sol

. Políticos Vivem Acima das...

. Direito à Habitação versu...

.arquivos

. Maio 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds