Domingo, 31 de Maio de 2015

Como caminhamos para o Abismo

No norte contava-se uma brincadeira... Quando um viajante queria saber onde ficava Alijó, sempre se respondia da mesma maneira: "Alijó é ali já." Os viajantes pensavam que brincávamos...

E voltavam a perguntar... "Mas nós não queremos saber onde é Alijá... queremos saber onde fica Alijó". 

E a conversa entrava em círculo, voltando a responder ao viajante. Sim... claro: "Alijó, é ali já".

E isto repetia-se indefenidamente até que o viajante se inteirasse de que queríamos dizer que Alijó ficava ali perto, ou ja, ficava já ali!

Mas, quem pensa que Alijó fica longe, enganou-se. Na verdade, apra quem vive ao lado de Alijó, pode dizer, com propriedade, que Alijó fica já ali...! Indibitavelmente. Tão certinho como o abismo a que nos conduziram os políticos portugueses. Sim, sem dúvida, esse... fica "ali já"!

Os portugueses têm de dar-se conta de que as decisões dos (in)competentes que nos (des)governam apenas nos conduzem para o abismo. E, o pior de tudo, é que nos últimos anos essa caminhada tem sido feita "a passos largos"!

É o descalabro entre o antes e o depois... É o jogo do maldito dito, com o dito mal dito, e o desdito! O diz que disse e o que não disse antes para dizer e desdizer depois... Uma vergonha.

Centrais de eletricidade.... para quê??? Sim... Porque elas vão evitar importação de petróleo!!! 

Como???

 

publicado por J.Ferreira às 19:16

link do post | comentar | favorito
|  O que é?

Como se afunda um país, paulatinamente!

 

Reparem nos elefantes brancos que os políicos portugueses se dão ao luxo de promover... Depois, o "Zé Nabo" que pague, com recortes nos salários, nas pensões, nas prestações sociais... na saúde, na educação,... enfim.

É isto que o Portugal dito democrático (e republicano...!) tem. Uma corja de incompetentes que chegam ao cargo por eleição (diferente de, por competência!) e que se dão ao luxo de fazer experiências com os dinheiros públicos sem que sejam criminalmente, responsabilizados. Eles sabem que, depois do tempod e duração do mandato, mantêm intactas as suas fortunas (sabe-se lá, se à custa destes ou doutros elefantes..:!).

Infelizmente, Portugal está "impestado" de elefantes brancos! Veja-se o que se passa com as Parcerias Público-Privadas... Malditas PPP's, intocáveis nos seus valores (porque foram elaboradas por competentes do privado contra os incompetentes do público que acedem aos cargos por nomeação...!). São os nossos elefantes brancos... que bem gostaríamos ver mudar de cor... Mas que infelizmente, continuarão a ser brnacos, ganhem as eleiç~eos os cord e rosa ou os laranjinhas...! Os elefantes que aqui falamos, esses, nunca chegarão a mudar de cor!

Será mais fácil que sejam enterrados... do que que mudem de cor!!!!

O mais grave é que os portugueses parecem adorar estes elefantes... Sobretudo quando contadosd por um grupo de políticos que sabe que os portugueses, continuam hoje a de acreditar no Pai Natal da mesma forma que outrora acreditavam que D. Sebastião regressaria a Portugal numa manhã de nevoeiro...

Enquanto Espanha muda os protagonistas da política, aqui continuamos com a mesma gente. Gente que sabe (tal como Passos Coelho saia e Manuela Ferreira Leite não sabia!!)  que o povo gosta de quem lhe  minta... O Zé que vota não quer a verdade (Polícia de Verdade??? Em POrtugal? Nem pensar... Por isso... Mente António Costa! Só assim chegarás a Primeiro Ministro... Sim... Tal como fez Passos Coelho (que, agora e só agora, quer que os outros falem verdade) fez na campanha eleitoral de 2001: MENTIU com todos os dentes!!!

 

Enquanto as crianças de Portugal acreditam, cada vez menos, na existência do Pai Natal, os adultos portugueses,  acreditam cada vez mais, na existência de elefantes brancos!

 

 

publicado por J.Ferreira às 15:30

link do post | comentar | favorito
|  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Subsidio de Natal versus ...

. Falsidades no Bloco Centr...

. Em Nome do DESACORDO Orto...

. Sucesso Escolar versus Co...

. António Costa e a Queda d...

. O Regresso dos Rankings e...

. Nas Tintas Para a Opinião...

. PAIS de ONTEM na escola d...

. O Milagre das Escolas Pri...

. Os Donos do Sol

.arquivos

. Novembro 2017

. Maio 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds