Terça-feira, 12 de Agosto de 2014

Os Herdeiros da Competência

Cada vez menos nos surpreendemos com os caminhos da nossa triste nação. a notícia que acaba de ser publicada diz tudo: Banco de Portugal contratou por convite filho de Durão Barroso... Ora, até ao momento, nenhum cientista sustentaria a tese segundo a qual a competência se alcança por via hereditária.

Nem mesmo os especialistas de Direito defenderiam a possibilidade de uma transferência de sabedoria e de competência de pais para filhos, nem mesmo por via da herança.

Porém, alguns humanos parecem querer superar esta realidade. Incrivelmente, os filhos dos poderosos sempre demonstram imensa competência para alcançar postos de altas instâncias onde depois (pelo que se tem notado!) o povo acaba por ter de "levar com os ovos podres" que resultam das suas provas de (in)competência.

No final de contas, esta triste e deprimente realidade é algo a que os portugueses se acabam por resignar: a ser (des)governado por um bando de (in)competentes que nos afundam cada vez mais sem que nunca sejam chamados à responsabilidade. A cada dia se conhecem novos casos de pessoas que chegam a altos cargos demonstrando qualquer espécie de competência anterior que não seja o facto de resultarem de uma ocorrência (espontânea ou deliberada) que deu origem a uma nova vida. E que (alegre e prometedora) vida lhes está destinada...

 

Segue-se o texto da notícia publicada no Jornal de Negócios online:

 

"Luís Durão Barroso foi contratado sem concurso para o Departamento de Supervisão Prudencial. A regra no banco é contratar por concurso salvo situações de "comprovada e reconhecida competência profissional".
O Banco de Portugal contratou o filho do ex-primeiro-ministro e ainda presidente da Comissão Europeia para o Departamento de Supervisão Prudencial, onde iniciou funções há cerca de um mês..."

 

publicado por J.Ferreira às 18:49

link do post | comentar | favorito
|  O que é?
Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010

Em Busca da Solução para a Crise

O texto que segue foi pubicado em La República:

 

George Akerlof ..................  Joseph Stiglitz

 

Joseph Stiglitz denuncia que "habría que meter a muchos de los responsables en la cárcel" o "la economía no se recuperará"!

 

Dos premios Nobel de Economía piden que se meta en la cárcel a los banqueros. Economistas como Joseph Stiglitz y George Akelof vienen diciendo durante los últimos meses y en repetidas ocasiones que "es imposible resolver la crisis económica sin que los criminales que cometieron el fraude estén en la cárcel". Eñ Nobel de economía George Akerlof ha criticado que no se castigue a los delincuentes de cuello blanco y que se facilite con las nuevas medidas económicas las condiciones para comenter este tipo de delitos, lo que provocará mayor destrucción de la economía en el futuro.

El también Nobel de Economía Joseph Stiglitz denuncia que el sistema está diseñado para fomentar ese tipo de cosas, y que las personas que han tenido la mayor responsabilidad en la situación actual no están siendo sancionadas, y aunque se les multara con un 5% o 10% de las ganancias que han obtenido, seguirían viviendo en sus lujosas casas y con sus cientos de millones de dólares.

 

"El sistema está diseñado para que si te pillan, la multa sea sólo un número muy pequeño comparado con el fraude cometido. Es como una multa de aparcamiento, a veces tomas la decisión de aparcar en un sitio a sabiendas de que podrían ponerte una multa", señala el premio Nobel, que asegura que habría que meter a muchos de los responsables en la cárcel".

 

"¿Vamos a confiar en quienes nos metieron en esta situación para sacarnos de ella? Ellos reconocen que no han hecho bien las cosas pero que su comprensión de la situación es buena. Si creen esto, estamos en un lío, lo siento"

 

Mais palavras para quê? Por que esperam as autoridades? Por que será que a América condenou um banqueiro e na Europa todos seguem impunes, mesmo depois da crise que geraram? Agora quem paga as favas é o Zé Trabalhador" que vai ter o salário reduzido. Os políticos aplicaram os dinheiros públicos para trentar salvar a banca e criaram déficites públicos impensáveis...  Decidem comprar submarinos e afundam o país... Prometem TGV's e aeroportos quando já nem dinheiro têm para garantir cuidados básicos aos contribuintes... Cortam na saúde... cortam na Educação e agora, cortam nos salários do elo mais fraco que é são alguns dos trabalhadores da função pública... Sium... De alguns apernas porque uma grande parte deles, escapam... Com regimes de excepção para as empresas públicas e com o contorno de obstáculos previsto nos açores, depressa se verá que, os únicos atingidos serão... os professores! Este Sócrates, traumatizado por não ter tido a capacidade para concluir a licenciatura pelas vias normalmente usadas pelo cidadão comum, persegue agora os professores por não o tertem aprovado  com as desejadas classificações (à semelhança das Novas Oportunidades!) e assim permitido concluir, a seu tempo, a sua nobre licenciatura! É um hommem obstinado que, desejoso de ser engenheiro, até se assinava como tal antes de o ser...

Na verdade choca e revolta. Depois de terem ajudado a banca, e desfalcado os cofre  públicos, os políticos que nos  (des)governam voltam-se agora contra o povo eternamente penalizado, decidindo sacrificar os funcionários públicos com uma baixa de salários, quando esses são dos que menos contribuiram para a crise actual pois sempre pagaram os seus impostos... Aliás, como facilmente se sabe, todo o dinheiro que ganham tem de ser delcarado...  Não há maneira de fugir a isto... E, ao mesmo tempo que sobem os impostos e descontos para todos, decidem reduzir o salário exclusivamentre a uma parte dos funcionários de quem o Estado é patrão... Sim. APenas a uma parte pois está já aprovado regimes de excepção...

Ainda que se assista ao regresso dos lucros exorbitantes por parte dos bancos (que beneficiaram das ajudas generosas do Estado) apenas o povo e que vai pagar a crise... Ah... Benditos Estados Unidos...

off pagou em pouco tempo. Os nossos criminosos andam á solta e a gozar com o nosso dinheiro. É que se não houbve nenhum incêndio nos cofres onde se guardava o dinheiro, para onde foi então? Alguém ficou com ele e anda a sorrir á nossa custa...

É isto democracia? Ou será socialismo recauchutado?

publicado por J.Ferreira às 22:45

link do post | comentar | favorito
|  O que é?
Segunda-feira, 22 de Novembro de 2010

Cantona e o Colapso da Ditadura dos Bancos

 

 

 

Conhecido por ser Polémico e habilidoso, foi recebendo vários epítetos para retratarem quer a sua personalidade quer o seu talento. Desde "L'Enfant Terrible", a "The Genious", passando por "The Bad boy" até "Eric, the King", Éric Cantona nasceu em Marselha, a 24 de maio de 1966.

Éric Cantona virou ídolo utilizando a lendária camisola número 7 no Manchester United, quando a sua magia e eficiência profissional fez renascer este clube nos anos 1990. Cantona seria posteriormente eleito o melhor jogador da história do Manchester United, superando nomes como Bobby Charlton e George Best (tendo este sido um dos principais jogadores que utilizaram a camisola com o mágico número 7).

Hoje, para além de outras coisas, actualmente, é treinador da Selecção Francesa de futebol de areia, tendo conquistado o único título mundial desta equipa. Mas não se fica por aqui. Cantona acaba de ter uma intervenção cívica, social e política, que pode fazer tremer o mundo. E é por isso mesmo que lhe damos hoje e aqui este destaque.

 

Fácil... Uma revolução pacífica. É simples, segundo Éric Cantona, resolver a surdez dos políticos e a reposição da verdadeira democracia: aquela em que os políticos representam quem os elegeu e não aquela em que os políticos tramam quem os elegeu.

 

Neste curtíssimo vídeo, Éric Cantona explica o quanto seria fácil levar os políticos a ouvir os cidadãos. Se os políticos apenas se preocupam por salvar o os bancos que são "os principais responsáveis pela crise" (onde é que eu já ouvi isto?), então teremos de nos fazer ouvir pelos políticos apra que nos escutem já que milhares e milhares de cidadãos, com outros tantos cartazes de protesto nas mais diversas manifestações de rua parecem não fazer os políticos vltarem os seus ouvbidos, continuando a fazer-se de surdos.

 

Constata-se que, enquanto investem os dinheiros públicos para salvar as entidades financeiras que desperdiçaram o seu dinheiro pagando chorudos salários e mordomias aos seus administradores (e que, com isso os levaram à beira do colapso!) aos trabalhadores que nada fizeram para que houvesse esta crise, os mesmos governantes apenas apresentam como prémio do seu bom comportamento, propostas de cortes nos direitos e até (imagine-se!) no até agora nunca se imaginava: cortes nos salários.

 

Eric Cantona está convencido de que está na hora de fazer algo... O futebolista francês aponta uma solução para os problemas que estão a afectar cada vez mais os trabalhadores e a levar os políticos a massacrar os pobres criando ricos cada vez mais ricos e pores cada vez mais pobres.

E apontando o dedo aos bancos pela crise mundial, Cantona demonstra que está convencido (e quem não se terá ainda dado conta?!) de que a culpa é dos bancos, e que os políticos se recusam a ouvir a voz de quem nas ruas se manifesta pacificamente, e apela a uma revolução, também ela tranquila e pacífica através de um vídeo divulgado no YouTube, o antigo avançado do Manchester United pede aos “três milhões de pessoas que se manifestam com cartazes” para  “retirarem o seu dinheiro dos bancos e os façam colapsar”.

O vídeo já registou milhares de visitas desde que foi publicado em inícios de Novembro.

 

E os comentários não se fizeram esperar. E há-os para muitos gostos e feitios mas aqui apenas destacaremos (ainda que parcialmente) dois deles:

"Seja ficção ou realidade concordo. Os Pobres, doentes, desfavoreçidos pela vida, nada têm a ver com a crise que o Capitalismo Selvagem cozinhou." (...) "Solução: criação de um tribunal especial para este caso concreto, e fazê-los devolver o que não era deles."

"Não vai ser preciso muito para que as pessoas se revoltem contra este estado de coisas, sem Estado e sem Governos e sem Políticos. (...) Do Kaos surgirá uma nova ordem. Vai custar? Ai vai vai, isso vai!!!! Assim é que não pode continuar. Se continuar tudo como está, o que vai ser impossivel, mas supondo que sim, a próxima geração é que vai "pagar as favas" e bem pagas. Novos Rumos para ter Novas Certezas precisam-se urgentemente. As desigualdades sociais são deveras fortes, intensas e já tão evidentes que é impossivel este estado de coisas (...).

 

Por nós, cremos que a simples ameaça de uma ida massiva aos bancos seria o suficiente para os governos recuarem quanto às penalizações que nos querem impor. Aos leitores deixamos a nossa dúvida... Cada um que decida por si próprio, a quem deve confiar ou onde deve manter o seu dinheirinho...

publicado por J.Ferreira às 22:24

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Os Herdeiros da Competênc...

. Em Busca da Solução para ...

. Cantona e o Colapso da Di...

.arquivos

. Maio 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds