Terça-feira, 8 de Abril de 2008

Inconstitucionalidade do Estatuto a Carreira Docente

O Tribunal Constitucional decide:

"Declarar a inconstitucionalidade, com força obrigatória geral, da norma contida no artigo, 15.º n.º 5, alínea c) do referido Decreto-Lei n.º 15/2007, por violação do nº 2 do artigo 47.º da Constituição."

 

Este acórdão surge na sequência de um pedido efectuado por um conjunto de 25 deputados do PSD para que fosse efectuada a fiscalização sucessiva de determinados pontos do novo ECD .

Infelizmente o TC não atendeu à violação do princípio da igualdade o que teria "condenado" o princípio do professor titular. Não esqueçamos que o TC é, essencialmente, político.

O TC apenas encontrou violação do direito à saúde que era afectado ao se impedir professores com dispensa temporária da componente lectiva de concorrerem a titular. Ou seja, só estes casos serão contemplados. Porém, a verdade é que os que faltaram por motivo de doença e que foram penalizados por isso, continuam injustiçados... E pior ainda os que faltaram por motivo de doença que justificaram com o artigo 102 por ser o mais prático quando para justificar uma dor de cabeça insuportável se tem de recorrer a 50 euros para pedir a um médico que ateste a sua dor de cabeça...

Por incrível que pareça, se o TC não tivesse um pendor essencialmente político, a inconstitucionalidade estender-se-ia a todos os artigos que colocam em causa a dignidade do docente.

 

Dependendo da actuação dos dirigentes do PSD poderá ser que os professores venham a ter sérios motivos para acreditar que haverá coerência nalguns políticos, e que o PSD, quando chegar ao Governo, se sinta na obrigação moral de eliminar as injustiças destes pseudo-socialistas que julgam e acusam os professores de tudo, como se de criminosos se tratasse...

 

Será que podemos ter esperança...?

Que dizem os dirigentes máximos do PSD sobre isto?

 

publicado por J.Ferreira às 11:08

link do post | comentar | favorito
|  O que é?

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Inconstitucionalidade do ...

.arquivos

. Novembro 2017

. Maio 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds