Até que o Teclado se Rompa!
"O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons." (Martin Luther King)

11 Janeiro 2007

Nenhuma Consciência vale mais que as outras! 

Tudo Por Uma Questão de Liberdade de Consciência.

Uma vez mais voto "SIM" no Referendo  ao Aborto.

Isto porque considero que, sendo esta uma questão de consciência, considerando que não há consciências mais válidas que outras, não me resta outra alternativa.

 

E não deveria restar a nenhum outro ser humano pois, sabendo que Deus criou o Homem "à sua imagem e semelhança" a verdade é que a Bívblia não diz que lhe deu o poder de substituí-lo no julgamento das suas consciências...

Deixem as pessoas decidirem... E, se um dos mandamentos diz "Não Matarás!" também deveríamos conhecer o outro que refere "Não julgarás!".

E, Cristo disse aos que queriam apedrejar Madalena: "O primeiro que estiver imáculo, que atire a primeira pedra...". E todos se foram.

 

Os homens são incríveis e nunca aprendem com o que julgam conhecer do passado.

Se não, pergunto:

A igreja diz-se preocupada com o que "uma vida" que está no ventre.

Sim... concordo. Porém, uma vida apenas em potência...

E se a vida é tão importante para a igreja, porque não tratam da vida das crianças que hoje passam fome...

Bastava vender tudo o que é luxo dos arcebispados, riquezas materiais que deveriam estar fora do domínio da igreja... e as ciranças que estão vivas mas sem vida, sem alegria, agradeceriam pois passariama a ter realmente vida.

"Deixai vir a mim as criancinhas". Conhecem esta frase? A quem a atribuem...?

Não creio que esta frase seja atribuída a um pedófilo. Sim. Mas porque conctinua a haver crianças que passam fome? Então porque estão preocupados em controlar e definir as consciências das mulheres que não desejam levar até ao fim uma gravidez com argumentos falaciosos de que há sempre solução para tudo, mas na verdade estão-se nas tintas para a vida das crianças que vivem na miséria.

Senhores religiosos, de todas as igrejas, façam este mandamento uma realidade e a vida do planeta seria bem melhor.

E uma coisa vos digo:

Se Cristo voltasse hoje à Terra, entraria em todos os santuários, pegava numa vara ee varria tudo o que de luxuoso supérfluo nelas existe... E quem sdabe, com a maioria dos padres...!.

Não é verdade que à luz das normas emanadas da Igreja se cometeu muitos assasssinatos?

"Porque levantam hoje, passados quase 2000 anos, de novo pedras contra as mulheres...

Por isso...

Por que querem impôr a vossa consciência como sendo a medida para todos os comportamentos?

Deixem de se preocupar com a consciência das pessoas. Deus lá estará para as julgar...

E estou certo que compreenderá que os seus filhos devem vir à Terra para viver e não para estarem vivos, passarem fome, viverem na miséria, ...

---------------------------------

"Em jeito de Resposta a quem é contra a despenalização do aborto..."

Lamento muitos cidadãos pensem que "despenalizar" é o mesmo que "legalizar" o Aborto.

Que se o aborto for despenalizado passaremos a ter concursos a ver quem aborta mais...!

É incrível como há tantas coisas que são despenalizadas e nunca se faz.

Não se penaliza o facto de as igrejas ficarem abertas de noite para albergar mendigos... Mas nunca o fazem!


Sobretudo que pense que existem consciências (como a sua) que podem julgar outras consciências.
Se ganhar o SIM, como espero pois desta vez a campanha de desinformação está já ultrapassada, os argumentos já nãopodem servir para atulhar os espíritos respeitadores das portuguesas e portugueses que querem o ser humano como uma mpessoas livre. E isso só é possível se lhe devolvermos o direito a usar da sua consciência.
Uma democracia onde algumas consciências (que se auto-consideram "as melhores") pretendem impor os seus valores às restantes, nãoé uma vewrdadeira democracia.

Se é uma qustão de consciêncai, imagine agora que a maioria queria impor o fundamentalismo islâmico como a melhor forma de desenvolver as consc¨^encias comoa a sua? Votariamos nmum referendo? Acha que isso se pode referendar? Claro... Nao.
Então porque querem referendar as consciêncais dos seres humanos? Para sobrepor a consciência da maioria à da minoria?

Lembre-se de uma coisa.
Mesmo que nãoseja autorizada a interrupçãovoluntária de gravidez, ela continuá a a existir, em boas condiçoes e no estrangeiro, para aqueles que forem ricos... os pobres, aqueles que ainda deixam as suas esmolas na igreja, esses, continuarão a sofrer na garagem do dito senhor doutor ou enfermeira, a serem internados para recuperar do que de mal lhes foi feito, em condiçoes de saúde lastimável... Os ricos, tal como compravam "as bulas" ao Papa, agora compram o aborto nas clínicas de Espanha... Pesquise um pouco mais e vai ver que é verdade!
Então porque continuam defendendo que as mulhertes pobres sejam diferentes das ricas?

Por fim, deixem de mentir ao povo...
Ser a favor no referendo nãosignifica defender o aborto. Apenas a despenalizaçãodas mulheres que se sintam forçadas a fazê-lo deixando para DEUS o direito que só a ele deve pertencer: o de julgar..
E, com o SIM, nunca será obrigada, nem a senhora nem nenhuma outra mulher, a fazer um único aborto.
Com o NAO, se um dia estiver nessas circunstâncias, caso seja rica, arrisca-se a uma das duas: ou se senta numa clínica privada do estrangeiro (de Espanha ou de outro país) ou terá de sentar-se no banco dos réus!
Não acha que já lhe chega a penalizaçãoque sofre no corpo, no espírito, na sua consciênca (de ser contra, em princípio!) em ter que decidir fazê-lo?
Se é porque é uma vida, porque aceitam o aborto em caso de deficiêmia do feto...? Será que Deus não estaria lá para fazer um milagre depois de nascer o deficiente e assim todos teriam filhos normalíssimos? Sim... Porquê aceitar, se uma Vida é sempre uma Vida...
Será que "ter vida" corresponde para si a "estar vivo"? É que há mjuitas crianças vivas que não têm vida nenhuma... são miseráveis... passam fome... são marginalizados e expilsos dos recintos religiosos que, ficando de noite fechados (Santuário de Fátima, "Notre Dame" e "Sacré Coeur" em Paris, e muitos outros geridos pelka igreja, fecham e deixzam ao relento vidas que passam fome e frio... sem abrigo. De que vidas falam esses grupos incrivelmente hipócritas?

 

Finalmente, porque considero que sendo esta uma questão de consciência e não sendo legítimo considerar algumas consciências mais válidas que outras, não me resta outra alternativa.

Por uma vida com vida, uma vez mais votar "SIM" no Referendo sobre a Interrupção voluntária da gravidez.

 

publicado por J.Ferreira às 11:53
tags: ,

pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

7 seguidores

subscrever feeds
blogs SAPO