Até que o Teclado se Rompa!
"O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons." (Martin Luther King)

29 Setembro 2011

Caríssimos leitores.

 

Hoje escrevemos um pouco com a revolta na alma de quem assiste às mais recentes chicotadas que são dadas na área da educação.

 

A chicotada nos alunos:

Em O Público podemos ler  que o Ministro da Educação, Nuno Crato, se defendeu neste campo afirmando que a "Suspensão de prémios a alunos do secundário"  foi decidida "há bastante tempo".

 

Ora... Ora... Não tem lógica que, sendo o prémio apra os alunos que se disitinguiram no ano anterior se lhes retire, depois do esforço (se é que o fizeram, pouco importa!)... Isto é como se o PSD tendo ganho as legislativas e o PR decidisse suspender o seu esforço na campanha eleitoral dizendo-lhes que ficam com um certificado de que ganharam as legislativas mas o parlamento e o governo será formado pelos partidos menos votados..:! O PSD ficará com a vantagem de ser ele a indicar para que partidos vão os seus votos (como os jovens indicarão a quem são voluntariamente obrigados a oferecer o dito prémio!). É esta a credibilidade do "matemático" que confessou na campanha de Manuela Ferreira Leite em 2009 que "De educação percebe muito pouco...!". E nós corrigimos essa confissão: "De educação, de justiça e de coerência também"! Não há dúvida. Boa vai ela...

 

 

A chicotada nas famílias e nos alunos:

 

Também em O Público podemos ler  que foi "Aprovado projecto de resolução do PSD e CDS para empréstimo de manuais escolares ".

 

Como? Empréstimo de Manuais Escolares?

Ora, meus caros. Os que necessitam de oferta ou empréstimo de Manuais escolares nem um livro ou dicionário têm em casa. Por vezes, faz falta "visitar" matérias de anos anteriores para rever assuntos. Se os devolvem, lá se vai a possibilidade de sucesso dos alunos.

Como? Empréstimo de Manuais Escolares?

É claro que o povo até pode ficar satisfeito porque já nomearam quem eram os culpados do fracasso: os professores. Os bodes expiatórios que os socialistas sacrificaram como se fossem Cristo para continuarem a enganar o povo com os desvios de dinheiro que foram afundando o país. Manuais escolares emprestados? Isso é "terceiromundista", meus caros.

Como? Empréstimo de Manuais Escolares?

Que farão os alunos que tiverem de escrever nos livros para resolverem os exercícios neles contidos? Incrível. Por que não voltamos à idade da pedra, digo, da lousa na mão (e da sebenta) onde escrevem os exercícios e apagam...? Gastaríamos ainda menos e assim poderíamos aumentar os titulares de cargos públicos! Ou, por quem não, voltar a mudar de carros dos políticos (BMW's de 70.000 euros para ajudarmos mais um bocadinho a Merkel e a economia da Alemanha!) etc. etc.

Como? Empréstimo de Manuais Escolares?

Mas quem foi que andou a esbanjar dinheiro dos contribuintes em magalhãezinhos (supérfluos, diga-se pois havia salas de informática!) e agora nem para o triste livro de papel que faz tanta falta em casa para criar hábitos de leitura se pode ter?

 

Oh, triste país...!

 

 

publicado por J.Ferreira às 15:02

pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
21
22
23
24

25
26
27
28
30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

7 seguidores

blogs SAPO