Até que o Teclado se Rompa!
"O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons." (Martin Luther King)

21 Outubro 2014

Palavras duras para com o Governo de Passos Coelho, nas palavras de um social democrata...!!! Há gente que se coloca acima dos partidos, mesmo que com eles se identifique...!!! 

Santana Catilho afirma: "Mas há também um governo empenhado em promover um retrocesso inimaginável a que só falta a recuperação do estrado e do crucifixo!!! ... Um governo em Negação (e foi aplaudido!!!) que valsa, de modo macabro, entre uma austeridade assassina e o carnaval patético do regresso aos mercados". (03:50 a 04:30).

Sem Papas na Língua. Mais claro... ? É, se não impossível... muito difícil...!

 

Noutras intervenções, Santana Castilho lança a Nuno Crato uma crítica implacável: "um Ministro desconhecedor e incompetente". Nuno Crato é um ministro fracassado! Façam-lhe um Plano de Recuperação!"

 

Enfim... Finalmente temos alguém que nos secunda: "o tempo dedicado aos exames é um tempo perdido... uma oportunidade perdida para que os alunos aprendam... O tempo dedicado à preparação das crianças para se submeterem a um exame, deveria ser usado para a aprendizagem!!!"

 

Há alguns anos, NUNO CRATO defendia a IMPLOSÃO do MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO... Nuno Crato quase o conseguiu... numa legislatura... Sem dúvida... o início do ano lectivo demonstra que "já faltou mais"! 

Santana Castilho demonstra a incometência de Nunio Crato... Mas, a julgar pelo apoio e confiança demosntrada por Passos Coelho no seu "Ministro da Educação (pudera... foi ele que o escolheu!!!) será muito difícil que Santana Castilho consiga fazer implodir Nuno Crato antes que a legislatura termine! Por isso, a guerra ao Ministro (incompetente, afirma Castilho), que começou há já bastante tempo, continua... 

--------------------------------------------------------------------------------

Castilho fala de "ataque despudorado ao funcionalismo público e aos professores e é completamente injusto!" ... "Cargas absolutamente de escravatura de trabalho em escola".

Os professores querem a suspensão de um modelo de avaliação que é, como o Dr. Passos Coelho disse, Kafkiano"! e comenta ironizando: "Se os portiugueses soubessem o que aquilo contém..."

"Se de facto o Primeiro Ministro achou que aquele era um modelo kafkiano, ninguém percebe que o mantenha com o pretexto de aparecer outro"!
Basta ver a literatura de referência "Nenhum modelo de avaliação funciona se ele, de facto, não envolver as pessoas a quem vai ser aplicado!

Aos 5:37 podemos ouvir: "o rigor consegue-se pela adesão dos professores, de uma classe docente motivada."

O Dr. Pedro Passos Coelho disse, repetidas vezes publicamente, que "queria acreditar nos professores". Mas o Programa do Governo não acredita nos professores: desacredita os professores; diminui o poder dos professores nas escolas; secundariza o papel dos professores.

Santana Castilh diz: "Eu não acredito que se possa modificar e que se possa introduzir rigor e qualidade no sistems sem o envolvimento dos professores. Sou um acérrimo defensor da classe docente. Não o faço por questões corporativos: faço-o por razões nacionais. Porque qualquer pessoa sabe que não se pode construir um sistema  de ensino sem o envolvimento dos professores." (8:15)  

 

 

----------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

 

 

publicado por J.Ferreira às 22:12

pesquisar
 
Outubro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

7 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO