"O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons." (Martin Luther King)

09
Fev 14

Dizem que os portugueses viveram acima das possibilidades???

Quem vive, afinal, acima das possibilidades do seu povo? Resposta? Veja o vídeo de Rosa Veloso em 32 segundos. E está tudo dito! Melhor resposta?

Depois... investiguem sobre os salários dos que chefiam o governo dos 2 países: Portugal e Espanha. E retirem as vossas conclusões.

OS POLÍTICOS PORTUGUESES SUGAM O POVO PORTUGUÊS! SIM... Esses são dos poucos que viveram (e ainda vivem) acima das possibilidades deste país... Esses, sim, vivem na arrogância e ainda se atrevem a acusar os portugueses de terem vivido acima das suas possibilidades. Os mesmos que há anos pagavam parte dos juros que correspondiam ao crédito concedido a jovens, incentivando-os a comprar casa, permitindo aos "magnatas do cimento", ligados ou vinculados, de uma forma mais ou menos explícita, a quem permitia autênticas aberraçoes urbanisticas que levaram a um aumento especulativo nos preços dos apartamentos, casas, vivendas... Sao esses mesmos jovens que hoje se vêem na contingência de nao terem capacidade de pagarem o crédito à habitação que os governos (através dos bancos privados ou úblicos subsidiados pelo Estado) lhes incentivaram a adquirir, simplesmente para ganharem votos.

Foram esses mesmos que, demonstrando a sua arrogância, encheram os próprios bolsos ou os de outros levando o país ao estado em que o Estado Português chegou. Esses mesmos, sim, o exemplo paradigmático do gasto público descontrolado (veja-se o desperdício com estádios de futebol que hoje têm despesas insuportáveis para o erário público. Depois... Depois, ainda vêm falar de que os portugueses viveram acima das suas possibilidades?

Isto é, e muito bem, um exemplo da ARROGÂNCIA dos POLÍTICOS.

Os políticos portugueses, vergonhosamente, para alá de incompetentes, são ARROGANTES.  SIM. ARROGANTES. Ainda se crêem com legitimidade para acusar os portugueses de terem vivido acima das suas possibilidades e castigam os que não o fizeram por culpa do esbanjamento feito pelos seus pares, do mesmo ou de outro partido que tiveram ao leme os destinos do país. Vejam o texto que segue e que viaja pela web, com o chavão "ARROGÂNCIA DITATORIAL ".  Aqui fica... 

 

ARROGÂNCIA DITATORIAL é comparar a Reforma de um Deputado com a de uma Viúva.

ARROGÂNCIA DITATORIAL é um Cidadão ter que descontar 35 anos para receber Reforma e aos Deputados bastarem somente 3 ou 6 anos conforme o caso e que aos membros do Governo para cobrar a Pensão Máxima só precisam do Juramento de Posse.
 

ARROGÂNCIA DITATORIAL é que os Deputados sejam os únicos Trabalhadores (???) deste País que estão Isentos de 1/3 do seu salário em IRS.
 

ARROGÂNCIA DITATORIAL é pôr na Administração milhares de Assessores (leia-se Amigalhaços) com Salários que desejariam os Técnicos Mais Qualificados.
 

ARROGÂNCIA DITATORIAL é a enorme quantidade de Dinheiro destinado a apoiar os Partidos, aprovados pelos mesmos Políticos que vivem deles.

ARROGÂNCIA DITATORIAL é que a um Político não se exija a mínima prova de Capacidade para exercer o Cargo (e não falamos em Intelectual ou Cultural).
 

ARROGÂNCIA DITATORIAL é o custo que representa para os Contribuintes a sua Comida, Carros Oficiais, Motoristas, Viagens ( sempre em 1ª  Classe), Cartões de Crédito. 
 

ARROGÂNCIA DITATORIAL é que Suas Exas., tenham quase 5 meses de Férias ao Ano (48 dias no Natal, uns 17 na Semana Santa mesmo que muitos se declarem não religiosos, e uns 82 dias no Verão).
 

ARROGÂNCIA DITATORIAL é Suas Exas.,quando cessam um Cargo, manterem 80% do Salário durante 18 meses.
 

ARROGÂNCIA DITATORIAL é que ex-Ministros, ex-Secretários de Estado e Altos Cargos da Política quando cessam são os únicos Cidadãos deste País que podem legalmente acumular 2 Salários do Erário Público.
 

ARROGÂNCIA DITATORIAL é que se utilizem os Meios de Comunicação Social para transmitir à Sociedade que os Funcionários só representam encargos para os Bolsos dos Contribuintes.
 

ARROGÂNCIA DITATORIAL é ter Residência em Madrid e Cobrar Ajudas de Custo pela deslocação à Capital porque dizem viver em outra Cidade.

 

 

publicado por J.Ferreira às 11:11

Novembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO