Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Até que o Teclado se Rompa!

"O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons." (Martin Luther King)

Até que o Teclado se Rompa!

"O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons." (Martin Luther King)

J.Ferreira

Os provérbios trazem-nos ensinamentos que não podemos menosprezar. Aprendendo e aplicando no nosso dia a dia o que através deles nos é transmitido, de geração em geração, seguramente, as relações tornar-se-iam mais harmoniosas. E, tendo os ensinamentos dos anciãos bem presentes na nossa acção em sociedade, creio que a vida seria bem mais fácil, bem mais suportável. Todos ganharíamos e até o mundo agradeceria...!   Não digas tudo o que sabes. Não faças tudo o (...)

J.Ferreira

Nota Prévia: VEJA NO FIM o LINK para A NOTÍCIA que INSPIROU ESTE POST   Neste espaço que tenho dedicado à sociedade, hoje decidi deixar aqui algo autobiográfico. Não tenho a pretensão de ser nada nem ninguém na sociedade mas tão só de colocar aqui pequenas reflexões dando o meu contributo para tentar contribuir para a mudança de aspectos que creio, convictamente, merecerem a dedicação de algum do meu tempo. Nunca me senti futurologista... Alguns dizem que sim... Até (...)

J.Ferreira

Na página online da TVI refere-se que de acordo com as palavras do ex-deputado socialista Henrique Neto relativamente à prisão preventiva de José Sócrates, em declarações prestadas ao jornal «i», "Há anos que esperava" a prisão de Sócrates.  A página da TVI prossegue referindo que "O ex-deputado do PS Henrique Neto é o primeiro (...)

J.Ferreira

Na verdade, a sociedade deveria questionar-se se de facto há violência escolar ou violência social. Será que a escola provoca violência ou importa a violência da sociedade? Talvez se verifiquem ambas as situações. Porém, a violência (seja de filho sobre pais ou de pais sobre filhos) existe muito antes ainda de as crianças entrarem na escola. Fala-se de violência escolar como se a escola produzisse violência. Nada mais falso. A escola nao é quem produz violência. Por muito que se queira fazer como a avestruz (meter a cabeça na areia e ignorar a realidade),

J.Ferreira

Palavras de Paulo Morais: "A política é uma Mega-Central de negócios..." Que tipo de governantes temos à frente do país ?   Vejam aos 9 minutos... Afinal, todos os contratos se podem rasgar!!! Sim... Todos, incluindo a Constituição da república, menos os que foram feitos com os privados ! Estamos convictos de que, se fizessem um Ranking dos governantes do Planeta, Portugal estaria em primeiro ou segundo (caso a Grécia ficasse na cauda!)   Portugal tem três das (...)

J.Ferreira

"As Victórias de David Contra Golias" ou A Guerra dos "Marcelo" --> Portugal 1  - Alemanha 0       Treinador: Marcelo Rebelo de Sousa   Bem poderia ser um texto sobre futebol. Mas não. Não é de futebol que vimos aqui falar. É de outros jogos. De jogos de poder. De lutas pela sobrevivência de uma comunidade de cidadãos (os portugueses) que abriram horizontes e foram capazes de dar "novos mundos ao Mundo" e que agora estão cotados por agências de rating (...)

J.Ferreira

Daniel Oliveira demonstra a sua indignação escrevendo o texto que intitula "Já a formiga tem catarro". É um texto que vale a pena ler. De facto! Foi no semanário Expresso que deu voz à sua visão crítica sobre o estado a que chegamos. Miguel Macedo foi a Vouzela. Tal como acontece e continuará a acontecer a todos os membros de um governo em estado comatoso foi vaiado quando lá chegou. (...)

J.Ferreira

O Expresso online (25 de setembro de 2012) publicou uma noticia (abaixo transcrita a azul) com a decisão governamental de acabar com algumas Fundações. para a dimensão deste nosso Portugal, país pequeno do cantinho da Europa, existem muitíssimas fundações que não servem para nada, senão para ajudar a afundar o país. No lugar de servirem de fundações (como no caso das (...)

J.Ferreira

Hoje apenas decidi avivar a memória do povo que somos...   Alguns de nós, portugueses, somos criticados por sermos, imagine-se, muito críticos!     Podem dizer que somos "negativistas" mas a realidade obriga-nos a ser "positivistas".     Podem dizer que somos "pessimistas" mas a realidade obriga-nos a ser "optimistas"     Sim. Mas com uma diferença. Há quem viva no mundo real e quem viva no mundo das ideias, num mundo imaginário. Gostaríamos de ser daquele tipo de (...)