Até que o Teclado se Rompa!
"O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons." (Martin Luther King)

27 Junho 2013

Caríssimo Passos Coelho. Caríssima TROIKA...

 

Basta de impor receitas que consideram MILAGROSAS e que AFINAL... apenas AFUNDAM ainda MAIS o país.

As recitas milagrosas apenas servem para que nos endividemos cada vez mais

Se querem que sgamos as vossas receitas... arrisquem o vosso dinheironho...

Está na hora de TROKAR AS VOLTAS À TROIKA.

Portugal está farto de quem segue as medidas impostas pela TROIKA.

Sim... Uma TROIKA irresponsável que afunda os países (veja-se como a Espanha continua a "boiar" sem afundar-se enquanto a Grécia, ajudada pela TROIKA se vai afundando cada vez mais... E Portugal segue o caminho da Grécia. Precisamos de TROIKAR as VOLTAS À TROIKA.

Se as medidas impostas pela TROIKA fossem as correctas, a TROIKA teria de assumir a perda do dinheiro que investe pois se tomando as medidas impostas (e outras ainda mais gravosas para os portugueses), Portugal continua a afundar-se, era o momento de nos dirigirmos à  TROIKA e dizer-lhes, com frontalidade:

 

"Meus senhores.

As vossas medidas são uma catástrofe, uma desgraça, que estão apenas a contribuir para que Portugal se afunde cada vez mais! Para que possamos continuar a seguir as vossas receitas, os meus caríssimos senhores (ou caríssimos "manda-chuva") terão de assumir as consequências dos vossos ditames. Assim, se as medidas propostas têm o efeito inverso ou preverso, tenham a coragem de assumir a perda do dinheiro que injectam para levar essas medidas a cabo."

 

Ou será que temos de aceitar tudo que vem de quem  (como se passou com a Grécia!) já demonstrou uma total incompetência para ajudar quem quer que seja a sair do meio da tormenta. Com a ajuda das medidas da Troika, qualquer país que se encontre sem rumo, sem bússola, apenas encontra uma saída: o caminho do abismo! Na verdade, estes senhores apenas sabem impor medidas que conduzem à destruição da economia das famílias. E nenhum país pode ser prosperar com a economia das suas famílias destruída, com famílas extremamente endividadas, com jovens e velhos sem emprego, sem trabalho, sem recursos...  forçados a mendigar o pão que comem junto de seus vizinhos, vivendo da caridade dos seus amigos, ou, para os que conseguem um emprego, obrigados a aceitar ordenados de miséria e ondenados pelos governantes "a trabalhar até à morte".

Será que a IDEIA de EUROPA se baeia agora em "novas formas de escravatura"?

 

Com a chegada da Troika, a alternativa da juventude é, cada vez mais, emigrar. Com a entrada da Troika, a maioria dos jovens portugueses, formados e pagos pelas economias de Portugal,  estão a abandonar o país, ajudando economias europeias que em nada contribuiram para a sua formação. Será esta iniciativa (levar-nos a recuar em direitos mais de 30 anos) uma estratégia de a Europa beneficiar dos jovens formados nas universidades portuguesas, reavendo assim o dinheiro investido em POrtugal com o envio efectuado através de fundos estruturais?  Dá para pensar... Dá para pensar... !!!

 

Para que veio a Troika para Portugal? Vieram para Portugal para nos dar esta ajuda?

Ora, meus caros, para nos afundar, já nos bastavam os políticos e desgovernantes que cá temos! Não necessitávamos de ter mais uns mercenários a levar-nos uns milhões de Euros de cada vez que cá vêm fazer uma pseudoavaliaçao (nao passam de mais ordens para fazer mais recortes aos direitos dos cidadãos!). Assim, as medidas da TROIKA só servem para afundar ainda mais o país.

Aidna por cima, emprestam-nos o dinheiro a juros usurários, fazendo-nos crer que vieram para ajudar-nos a arrumar a nossa casa... Mentira. A Troika não vem cá para nos fazer nenhum favor. Apenas e só, vem para garantir a cobrança do dinheiro que nos empresta e com uma taxa de juro exorbitante. É esta a solidariedade dda Europa? Não admira que muitos prefiram já ser, cada vez mais, africanos! Esta taxa de juro em nada é própria de uma instituição (Europa) solidária!

Por que motivo não emprestam diretamente aos Estados? Por que motivo o Banco Central Europeu (BCE) empresta aos bancos dinheiro a uma taxa muito inferior a 2% e não empresta diretamente aos Estados? Simlpes. Porque, assim, os bancos emprestam aos Estados a 6,5% e com isso, os bancos descobrem "uma mama do tamanho do planeta"!

 

publicado por J.Ferreira às 17:49
tags: ,

pesquisar
 
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
21
22

23
24
25
26
28
29

30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

7 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO